NOVIDADES

Quais são as boas práticas para a manutenção do motor?

16.07.2021

A manutenção periódica do motor precisa ser feita, no mínimo, uma vez ao ano ou a cada 10 mil quilômetros rodados. Esta periodicidade ajuda a manter o motor regulado.

Em geral, observa-se o nível de óleo e realiza-se a troca dos filtros. No entanto, existem outros itens que demandam manutenção preventiva. Os bicos injetores e o sistema de arrefecimento são exemplos.

1- Limpeza dos bicos injetores

A limpeza dos bicos injetores está entre as boas práticas para manutenção do motor. Atenção: ela é destinada apenas para carros que já apresentam problemas no funcionamento do motor.

Os bicos injetores são conhecidos tecnicamente como válvulas injetoras e são responsáveis por pulverizar o combustível dentro do motor. Portanto, assumem papel fundamental na composição do sistema de injeção eletrônica.

A limpeza é indicada quando o veículo apresenta dificuldade de partida ou consumo elevado de combustível.

2- Manutenção do sistema de arrefecimento

É fundamental assegurar que a mistura de água com aditivo esteja na proporção correta indicada pelo fabricante do veículo. No geral, essa medida é na porcentagem de 60% de água para 40% de aditivo. Consulte sempre o Manual do Proprietário do veículo para verificar a proporção correta.

Além disso, chamamos atenção para a necessidade de cumprir com a manutenção do sistema de arrefecimento a fim de observar a temperatura de trabalho do motor.

3- Sempre utilize o óleo indicado no Manual do Proprietário

O uso correto do óleo também está dentre as boas práticas para a manutenção do motor.

Veja bem, ainda que no mercado sejam disponibilizados óleos lubrificantes com características parecidas ao especificado no Manual do Proprietário, lembre-se que apenas o indicado pelo fabricante do veículo cumpre com todas as necessidades do motor.

Então, cumprir com a responsabilidade de manter o uso correto deste produto pode aumentar a vida útil do motor do seu veículo. Esse fator, por consequência, reduz a necessidade de gastos posteriores.

Faça as trocas e a manutenção preventiva dentro do prazo indicado para uma boa experiência!